Mesa SP destaca as qualidades do pirarucu selvagem e sustentável da Amazônia

Mesa SP vai abordar sustentabilidade com o tema Marco Zero

Com três dias de programação intensa, o Mesa SP vai trazer cinco aulas com o pirarucu selvagem e de manejo sustentável da Amazônia, dos dias 18 a 20 de novembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo. O evento é conhecido pela vasta programação envolvendo chefs, cozinheiros e fãs de gastronomia, em aulas, degustações e bate-papos.

Os chefs Edvaldo Caribé, Paulo Yoller, Guto Medeiros, Fabio Vieira e Mariana Fonseca escolheram o pirarucu para as aulas do Mesa ao Vivo, com direito ao passo a passo das receitas e degustação incluída. Já no Mesa Tendências, a coordenadora do Programa de Manejo de Pesca do Instituto Mamirauá, Ana Claudia Torres, falará os benefícios ambientais, econômicos e sociais do manejo do pirarucu selvagem.

Chef Edvaldo Caribé. Foto Arquivo Pessoal

Na sexta-feira, dia 19 de novembro, às 11h, quem abre a programação com o peixe  é o chef paraense Edvaldo Caribé,  com o tema “O barbecue brasileiro”. Ele ensina uma receita de tortilla de farinha d’água, recheada com ventrecha de pirarucu defumado, arubé e cipó-d’alho refogado no azeite de castanha do Pará. Mais tarde, no Mesa Tendências, às 18h45, ele prepara o pirarucu no moquém, junto com uma liderança indígena Wai Wai.  

“As principais qualidades do pirarucu são o sabor, a cor e a textura da carne. Além do grande aproveitamento que se tem, não só da carne, mas da pele e escama”, elogia Caribé.

Chef Guto Medeiros. Foto Arquivo Pessoal

Ainda no dia 19, às 16h, o chef carioca Guto Medeiros prepara o peixe na apresentação com o tema “Gaia, do Brasil ao Japão!”. Ele ensina o passo a passo de um scone de pirarucu (bolinho), com uma deliciosa geleia de banana da terra assada e caramelizada, acompanhada de perfumes de pimentas selvagens.

“O pirarucu é um peixe maravilhoso. Por ser rico em gorduras tem um sabor marcante, além de ser muito bem estruturado. Isso ajuda muito na preparação dos pratos”, avalia Medeiros.

Chef Mariana Fonseca. Foto Arquivo Pessoal

Para fechar a sexta-feira (19), a chef Mariana Fonseca, do Kouzina, participa do Mesa ao Vivo às 17h15. Ela utiliza o pirarucu selvagem e de manejo sustentável para a aula com o tema “Da Grécia à Amazônia”. 

Chef Paulo Yoller. Foto Arquivo Pessoal

Já no sábado, dia 20 de novembro, às 11h, é a vez do chef Paulo Yoller, especialista em hambúrgueres suculentos, ensinar o passo a passo de um steak tartare de pirarucu com o lombo, e da ventrecha assada com mostarda de tucupi e pequi, purê de banana com gengibre e vinagrete de feijão Santarém. 

“Sou um apaixonado pelo pirarucu, sempre viajo para o Norte do país, e acho o peixe e a história do manejos sustentáveis incríveis”, diz Yoller.

Ainda no sábado, às 11h30, é a vez do chef Fábio Vieira, dos restaurantes Micaela e Santo Grão,  preparar uma barriga de pirarucu grelhada com granola salgada e cacau, acompanhada de hollandaise e picles de erva-doce fresca. Fã da Amazônia, o chef diz que tem uma tatuagem do peixe e adora divulgar as ações de manejo sustentável.

“Estive na Amazônia e conheci o manejo de perto. É sempre uma honra para mim falar do pirarucu, tanto por ser um peixe incrível, quanto por estar em um dos projetos de sustentabilidade e conservação da Floresta”, destaca Vieira.

À direita, Ana Cláudia Torres, do Instituto Mamirauá, ao lado da chef Ana Pedrosa | Foto Marizilda Cruppe
Já no Mesa Tendências, o pirarucu do Gosto da Amazônia marcará presença no dia 19, às 15h45, com a palestra da Ana Claudia Torres, coordenadora do Programa de Manejo de Pesca do Instituto Mamirauá, departamento que presta assessoria técnica às comunidades ribeirinhas nos projetos de manejo dos recursos pesqueiros. Também integrante do Grupo de Pesquisa em Territorialidades e Governança Socioambiental na Amazônia, Ana Claudia abordará no encontro os benefícios ambientais, econômicos e sociais do manejo do pirarucu selvagem, mostrando como comércio justo e conservação da Floresta podem andar de braço dados com a gastronomia.

SERVIÇO

Mesa SP 

De 18 a 20 de novembro de 2021. No Memorial América Latina

Ingressos no site: mesasaopaulo.com.br.

 

Texto: Renata Monti. Publicado em: 12.11.2021